Games with Gold


PES 19 Demo – O Rei sonolento

Luciano Alucard em 10 de agosto de 2018

PES 2019 – O REI VOLTOU…

… Mas está meio sonolento

 

 

Não é segredo pra ninguém que o Pro Evolution Soccer cochilou desde o 2013 e o Fifa abriu uma vantagem abissal em diversos aspectos. Os gráficos ainda são melhores no PES, a resolução, as texturas, a fidelidade nos atletas são notáveis. Mas em geral eu costumo dizer que o PES é melhor… até o momento que a bola rola. Mais uma vez a Konami tenta mudar isso no PES 2019, então eu (viúvo do Winning Eleven), que nunca perco a esperança, fui testar a demo. Depois de aproximadamente 30 partidas com diversos times, eu notei algumas coisas que gostaria de compartilhar com vocês, vamos lá:

 

SOM

Apesar de estar sem narração, podemos analisar os gritos da torcida e os sons do campo. Nada especial, não tivemos nada novo, mas o padrão foi mantido, a vibração das arquibancadas acompanha as jogadas. Tudo ok até aqui.

 

Gráficos

Olha a grama subindo muleke

Agora começa a ficar bom. As texturas dos jogadores foram notavelmente melhoradas (e olha que minha TV nem é 4k). A grama do campo acompanha a pisada e as batidas na bola, sendo notáveis até mesmo durante os chutes e passes. Os uniformes também está mais “soltos” e já não parecem ser parte do corpo do jogador. O Corpo do jogador foi outra mudança que achei válida, inclusive em sua interação com a bola, ao dominar, chutar, passar e correr você consegue notar o impacto. Mas por outro lado, mas não esqueçam que essa é a versão demo, eu vi muitos pés e mãos de borracha, virando pra ângulos impossíveis, sem contar nas bolas que atravessam os corpos. Espero que na versão final isso seja corrigido

 

Controles e Jogabilidade

Agora é que o gato mia. Como disse, sempre achei o PES melhor que o Fifa até o momento que a bola rola. Então, isso não mudou. Há uma mudança significativa, principalmente na velocidade do jogo. Enquanto o Fifa fica cada vez mais lento, priorizando toques de bola e tiktaka, o PES abraçou o jogo veloz, contra-ataque fulminante e lançamentos mágicos. Há pontos positivos e negativos para esse estilo de jogo. Mas vai da opção de cada um. Eu notei um passe melhorado, principalmente a médias e longas distâncias, assim como os jogadores que vão recebê-lo. A movimentação ofensiva e defensiva estão muito melhores, como se a inteligência artificial entendesse a jogada que você está planejando, mas durante algumas partidas ficou muito claro que isso depende muito da skill dos seus companheiros de equipe. Eu não acho que isso seja um ponto negativo, visto que é o que acontece na vida real. Afinal, se todos tivessem a visão tática e de posicionamento de um Iniesta, o que faria dele tão especial?

Falando ainda de tática e posicionamento, duas Grandes adições no quesito jogabilidade foram o controle Ofensivo/Defensivo, agora basta dar dois toques pra cima ou pra baixo no direcional pra deixar o time mais ofensivo ou mais defensivo. Substituição rápida, não estilo Fifa, com jogadores sugeridos. Vc escolhe quem sai e quem entra, com todos os jogadores selecionáveis. Curti muito.

Os chutes estão meio estranhos, não consigo explicar o que é, mas parece que algo me incomoda toda vez que bato na bola, principalmente colocado. Como ficou só essa farpa na mente, eu não vou tentar explicar o que é. Os Dribles ainda estão um pouco travados e meio mecânicos. Parece que isso nunca vai mudar mesmo, o estilo de drible do PES até que é bem intuitivo, com o “modo domínio” que deixa o drible mais orgânico, mas os tricks continuam horríveis e acabam virando uma firula sem sentido em vez de uma ferramenta para deixar o marcador para trás.

 

Goleiros


Ah sim, os nossos queridos defensores da meta. Como já fui um, eu presto muita atenção, quase que instintivamente, nos guarda redes e posso afirmar uma coisa: Melhoraram MUITO em relação ao 2018. Estão muito mais ativos na saída de bola, principalmente por baixo e menos idiotas nas saídas em cruzamentos. Acabou o macetinho da bola rasteira, onde chutar desse jeito de qualquer posição era gol. Agora eles se jogam mesmo e, acredite, fazem defesas quase impossíveis. Então entrar na área nao é mais garantia 100% de que o gol vai acontecer. Em contra partida, algumas bolas passam sem motivo algum. O efeito mão de quiabo acontece. Não que isso seja irreal, nós vemos isso todo dia, mas raramente você vê um Courtois, Neuer ou até mesmo o Alisson dar uma dessas e ficar com as penas do frango na mão. Acho que podem, e devem acontecer, esse tipo de coisa até pra manter o fator imprevisibilidade do jogo, mas não com tanta frequência

 

Exclusividade

Bom, pelo visto a exclusividade com o Flamengo continua e parece que foi extendido a Palmeiras e São Paulo (que são os times Brasileiros na Demo). Mas isso não garante escalações 100% atualizadas, visto que no Brasil o contrato de imagem tem que ser assinado jogador a jogador (agora você entendeu porque não tem liga Brasileira no Fifa). Parece que mais uma vez a Konami não vai aceitar a sugestão que ano após anos a comunidade dá: Licenciar as Américas de ponta a ponta e Garantir a Libertadores. Enfim, que saudades do Bomba Patch…

 

Pontos positivos:

Táticas Mais efetivas

Passe melhorado

Movimentação Defesa/Ataque

Defensores são mais inteligentes no desarme

Goleiros mais ativos

Substituição Rápida

Mudança de Ofensivo / Defensivo com dois toques

 

Contras

Dribles ainda travados

Chutes estranhos

Goleiros levando frango

Colisão ainda em processo

 

Jogos citados:

icon

LINKS:

PES 2019 STANDART EDITION

PES 2019 DAVID BECKHAM EDITION

PES 2019 LEGENDS EDITION

The following two tabs change content below.
"Eu não luto por riqueza ou glória. Mas pela Luta em si. De que me adiantam os troféus? A excitação da vitória e a expectativa do próximo oponente são o bastante" https://about.me/lucianoalucard

Latest posts by Luciano Alucard (see all)

%d blogueiros gostam disto: