Games with Gold


O que esperar de State of Decay 2?

MajorSuricato em 29 de maio de 2018

State of Decay 2 começa de modo dinâmico, onde cada escolha de personagem te coloca em diferentes modos de se conduzir o jogo. Quando se começa através do tutorial, você tem direito a quatro escolhas de personalidade (lembrando que cada escolha lhe dará direito a dois personagens para dar início a sua base). Início esperado, seu parceiro ou parceira é mordido durante um combate corpo a corpo, isso acontece quando estão tentando fugir, Mon Dieu!

 

Logo de cara você encontra um sobrevivente que pertence ao poder militar, esse que ali estava tentando ajudar o que restava dos sobreviventes na área e evitando que a peste avançasse. Em um diálogo rápido ele manda encontrar o médico ou médica (tudo vai depender de como vai ser construído o seu jogo pela máquina), já que o seu companheiro havia sido mordido momentos antes. Como esperado eles não possuem mais frascos de cura e informam que iriam ter que sair de lá e buscar refúgio em outro lugar – nesse momento o jogo te dá 3 lugares para escolher, escolha no susto, mas escolha bem. Chegando lá a primeira coisa a se fazer é achar um posto avançado e dar início a sua busca pela cura e assim começar o seu simulador de sobrevivência em um apocalipse zumbi.
 
 

De longe a sua jogabilidade é a que chama mais atenção, se viver no mundo de hoje rodeado de pessoas o tempo todo já é algo difícil, imagine em um mundo caótico e infestado de zumbis?!
Viver em comunidade vai muito além de ajudar ou ser ajudado, isso significa criar laços com outras enclaves e reprimir (até mesmo matar) quem ousa ir contra você. O jogo te prende muito e faz querer que todos ali estejam bem, visto que você controla todos os personagens de sua base, base essa que depende das habilidades de seus aliados para crescer. Você pode sim optar por ser antissocial e viver sozinho, mas na primeira horda vai entender o bordão: “Juntos somos mais fortes!”

 

Falando um pouco mais sobre os enclaves, eles podem ser: Hostil, neutro ou amigável, isso vai depender de como você os trata. PS.: Não chegue perto de um enclave hostil sem uma boa arma e uma boa companhia. Os neutros irão te pedir favores para se tornarem amigos, e sim, eles gostam de explorar as pessoas. Lembrando que você pode apenas matar todos, mas aviso novamente, viver sozinho nesse mundo não é uma boa escolha. Minha vontade de exilar algumas pessoas é grande, mas posso precisar delas no futuro. O combate corpo a corpo é um ponto positivo do game, visto que ele foge do natural, onde apenas não é apenas um “mob” que ataca por vez, então saiba quando deve ser usado!

 

O grande ponto negativo também esta aqui, o jogo está repleto de bugs, parece que faltou ser lapidado. São Zumbis atravessando carros sem serem atingidos e explodindo um tempo depois, alguns aparecem do nada na frente do seu veículo como se fosse uma força sobrenatural. Portas que já estão abertas e solicitam novamente o comando “abrir”, Zumbis que atravessam paredes e portas com partes do corpo, o que se torna simples acertar a distância, zumbis que são mostrados no mapa e provavelmente estão enterrados no cenário pois nunca os vejo. E sim, esse eu achei o pior deles, quando você vai atacar um núcleo pestilento, começam a brotar zumbis do nada em vários locais do mapa, eles não tentam mostrar que um zumbi veio correndo por causa do chamado do núcleo, o zumbi simplesmente brota do seu lado.
 
E acreditem, consegue ficar pior no modo coop, no que eles tentaram inovar, também pecaram. Se no single alguns bugs chateiam, no coop podem se transformar em um experiência irritante. O coop é basicamente ajudar um amigo arriscando o seu personagem e recebendo bonificações horríveis.


 
O modo de evolução da base também chama muita atenção. Lembra que eu disse que ela depende das habilidades dos seus aliados? Pois é, cada ponto que você pode evoluir depende se você possui um integrante apto a tornar isso possível. Se você pretende elevar sua enfermaria para o nível 3, você precisa de um ótimo médico em sua equipe e que o líder seja capacitado nessa área. Se você pretende ter um gerador de energia nível 3, aquele silencioso, você precisa ter alguém apto para elevar o nível do gerador, um líder construtor. A base só necessita de cuidados, não extrapole com o uso de nenhum item, sendo assim tudo ocorrerá bem.

 
Os zumbis são separados de formas decentes: comuns, zumbis portadores da peste (olhos vermelhos), colossais, inchados e selvagens. Brinque com os zumbis comuns, tenha cuidado com os portadores, sempre de headshot no colossal (até ele se curvar), nunca atropele um inchado e em hipótese alguma enfrente um selvagem sem munição suficiente (ou um carro, ele torna tudo mais fácil).

 

MAS ENTÃO PORQUE EU DEVERIA JOGAR O SoD2 MAJOR?

 

P̶o̶r̶q̶u̶e̶ ̶e̶u̶ ̶t̶o̶ ̶m̶a̶n̶d̶a̶n̶d̶o̶!̶ ………….Mentira.
Por mais que o jogo tenha seus problemas, ele nunca foi considerado um triple A. É um jogo diferenciado que soube explorar a sobrevivência num mundo cheio de zumbis de forma mais real possível, onde munições e combustível são escassos, combate corpo a corpo pode te dar ou aumentar a febre da peste e barulhos não são bem vindos. Soube inovar quando todos nós já estamos de saco cheio de enfrentar zumbis. Sem contar que a experiência é divertidíssima. Os problemas não tiram o brilhantismo do jogo!

 
 
Entenda de uma vez por todas, sobreviver não é viver bem…
sobreviva em State of Decay 2!
 
 
 
 
 
 
 
 
*Imagem retirada de um vídeo no Youtube, vídeos gravados por MajorSuricato durante a jogatina.

The following two tabs change content below.
Amante da franquia FIFA, se tornou viciado ainda moleque apenas vendo seus primos jogarem. Entrou no mundo "Xbox" a alguns anos e de lá não pretende sair. Pega no pé da Ubisoft até parar de fazer jogo bugado. Pode ser encontrado em algum casamento tocando saxofone.

Latest posts by MajorSuricato (see all)

%d blogueiros gostam disto: