";

Destiny 2 a caminho, impressões sobre a apresentação

Ricardo Aleixo em 19 de Maio de 2017

Um dia após apresentação de Destiny 2 os videos de gameplay se espalham pela internet mostrando a proposta da continuação da franquia.
Desta vez o jogo começa com os guardiões sendo atacados no local mais tranquilo do primeiro jogo. Os Cabais da Legião Vermelha invadem e destroem a torre, dando um pano de fundo pra um história de recuperação e vingança. Com a última cidade da terra destruída, os guardiões terão que se aventurar em mundos diversos em busca de novas armas e habilidades.

Ao desenrolar o gameplay, nota-se uma preocupação maior em mesclar combates com cenas cinematográficas, o que ajuda na imersão da história e dá personalidade aos NPC’s, quem sabe para explorar essas características durante a campanha. Esse foco cinematográfico pode ser uma tentativa de melhorar o entendimento da história, uma vez que o primeiro foi bastante criticado porque pra saber mais do mundo do jogo era necessário colecionar e entender os mistérios nas cartas de grimório.

A Bungie fez questão de frisar que os jogadores solitários também serão bem-vindos ao jogo, mas não ficou tão claro como isso vai ser feito, uma vez que o jogo, principalmente as Raids, valorizam muito o trabalho em equipe. Uma forma de ajudar já revelada será facilitar o acesso a Clãs para fazer missões específicas, missões essas que antes exigiam um grupo fechado, por outro lado não dá pra imaginar um jogador fazendo 100% do jogo no estilo Rambo (pode até aparecer quem faça, mas não é comum).

Destiny 2O jogo ainda vai contar com as três classes padrão, você ainda vai jogar com Arcanos, Titãs ou Caçadores, porém essa viagem por novos mundos vai fazer com que o personagem aprenda novas habilidades e adquira novas armas.

Apesar das novidades, muitos elementos do primeiro jogo estão presentes nos gameplays apresentados, as telas que apresentam os detalhes dos personagens é praticamente a mesma, com algumas organizações diferentes. Junta-se a isso o fato da jogabilidade não parecer muito diferente do jogo anterior, que nos leva a pensar: Será que era necessário um jogo novo com preço cheio? Não daria pra lançar como uma expansão? Já tivemos expansões com novas histórias e novos ambientes, essa não poderia ser mais uma?

Ainda é cedo pra ter um pensamento final sobre isso, entupir o primeiro jogo de mundos novos poderia trazer confusão visual e além disso, futuras expansões do novo jogo podem justificar a separação em uma nova história, ou mesmo a destruição da torre, enfim, é esperar pra ver.

E sim, a Bungie já informou que o personagem terá 20 como nível máximo, como no primeiro jogo, então é inevitável acreditar que o jogo terá expansões com evolução de nível, igual o game anterior.

Agora é esperar por mais novidades e no dia 8 de Setembro colocar as mãos nessa franquia, se vai tomar o mesmo tempo do primeiro jogo eu não sei, mas vai ser legal ter uma nova história em torno daquela frase que a gente sempre ouve… GUARDIÃO CAÍDO!!!

Veja também essa excelente matéria feita pelo Rodrigo Fernandes sobre Destiny: Destiny – Não importa o que digam. Avante Guardiões!

The following two tabs change content below.
Nunca desista de um sonho... Deixa de preguiça e procura em outra padaria.

Latest posts by Ricardo Aleixo (see all)

%d blogueiros gostam disto: